24 Horas de Daytona IMSA

24H de Daytona – A Equipe Wayne Taylor Racing Cadillac com Alonso vence as 24H de Daytona

  •  
  •  

Neste final de semana foi disputada a 57ª edição das 24 Horas de Daytona prova que abre o calendário 2019 da IMSA Weathertech SportsCar.

A prova teve início no sábado (26/01) sem chuva, mas durante a parte noturna da prova a chuva apareceu e foi torrencial até o término da corrida no domingo (27/01), provocando duas bandeiras vermelhas e algumas voltas em bandeira amarela, mas a organização vendo que não haveria condições e restavam apenas 10 minutos antecipou o término da prova.

A vitória ficou com a Equipe Wayne Taylor Racing Cadillac #10 com seus pilotos Fernando Alonso, Renger van der Zande, Kamui Kobayashi e Jordan Taylor.

Alonso assumiu a ponta após Felipe Nasr escapar na curva 1 um pouco antes da prova ser paralisada com a bandeira vermelha, a organização entendeu que não havia condições de pista devido a chuva forte e restavam apenas dez minutos encerrou e concedeu a vitória para a equipe.

Em entrevista à emissora Americana NBCSN, “Foi simplesmente uma experiência incrível com esta equipe, desde o teste até a corrida. Uma execução perfeita da corrida. As condições eram muito diferentes, e fomos competitivos em tudo – no seco, molhado, noite e dia. Estou realmente feliz pela equipe e por todos os caras.”, dise Alonso.

Alonso ainda comentou sobre a vitória, “Terá uma posição muito alta em meu ranking. Vencer este tipo de corrida de endurance, em um lugar icônico como Daytona, significa muito. Tinha zero experiência e bagagem no endurance antes, então é algo grande. Estive no lugar certo nos momentos certos, então estou feliz por isso.”.

O Chefe da equipe, Taylor comentou sobre Alonso, “Mal consigo colocar em palavras. Tudo teve de se encaixar, e ter esses caras – eu levei nove meses para fazer Alonso concordar! Tenho de agradecer a Zak Brown por fazer isso acontecer.”.

Taylor comentou sobre a chuva, “Fernando Alonso é um dos caras mais impressionantes que já vi. Quando eu o ouvi no rádio, falando com um medo absoluto, eu percebi de repente que não dava mais para correr.”

O que falar sobre Fernando Alonso? O cara pode ser ranzinza, mas sua estrela brilha, e mais uma vez brilhou nas 24 Horas de Daytona, apenas isso!!

Completando o pódio classe DPI na segunda posição os Brasileiro Felipe Nasr junto com seus companheiros Pipo Derani e Eric Curran da Equipe Action Express Cadillac e na terceira posição tem brasileiro novamente Hélio Castroneves, Ricky Taylor e Alexander Rossi da Equipe Penske Acura ARX-05.

O Brasileiro Christian Fittipaldi que está se aposentando das pistas chegou na nona posição, onde durante a prova tiveram problemas com seu carro. Com sua despedia das pista o Planeta Velocidade publicou uma entrevista exclusiva como piloto: “UMA VEZ PILOTO DE FÓRMULA 1”: CHRISTIAN FITTIPALDI, realizada pelo nosso Jornalista Regii Silva.

E por falar em Brasileiros na categoria DPI, Rubens Barrichello da equipe JDC-Miller Motorsports Cadillac chegou na quinta posição junto com seus companheiros Misha Goikhberg, Tristan Vautier e Devlin DeFrancesco.

Na classe LMP2 a vitória ficou com a equipe DragonSpeed ORECA-Gibson de Roberto Gonzalez, Pastor Maldonado, Sebastian Saavedra e Ryan Cullen.

Na categoria GTLM (GT Le Mans) a vitória ficou com o Brasileiro Augusto Farfus a bordo da BMW M8 GTE junto com seus companheiros Connor De Phillippi, Philipp Eng e Colton Herta. Antes da bandeira vermelha a briga pela primeira posição foi intensa com a Ferrari 488 GTE de James Calado, mas Farfus conseguiu ultrapassar e assumiu a primeira posição.

Completando o pódio da GTLM na segunda posição ficou com a Ferrari 488 GTE pilotado por James Calado, Miguel Molina, Alessandro Pier Guidi e Davide Rigon e na terceira posição o Porsche 911 RSR pilotado por Laurens Vanthoor, Mathieu Jaminet e Earl Bamber.

Na classe GTD (GT Daytona) a vitória ficou com a Equipe Grasser Racing como Lamborghini Huracan GT3 pilotado por Rolf Ineichen, Mirko Bortolotti, Christian Engelhart e Rik Breukers, na segunda posição a Equipe Montaplast by Land-Motorsport como Audi R8 LMS GT3 pilotado por Daniel Morad, Christopher Mies, Ricardo Feller e Dries Vanthoor.

Os demais Brasileiros Felipe Fraga que pilotou pela equipe Mercedes-AMG Team Riley Motorsports a bordo da Mercedes AMG GT3 junto com os pilotos Ben Keating, Jeroen Bleekemolen, Luca Stolz chegaram na sexta posição na classe GTD e os Pilotos Marcos Gomes, Chico Longo, Victor.Franzoni da Equipe Via Italia Racing a bordo da Ferrari 488 GT3 chegaram na oitava posição na classe GTD.

E assim chegamos ao final de mais uma edição das 24 Horas de Daytona, cada vez mais o número de Brasileiros aumenta e pela primeira vez na história um piloto de Fórmula 1 vence a competição. Algo que para o mundo do automobilismo é fantástico e mostra que há espaço para todos.

Parabéns a todos os Brasileiros que lá estiveram e levaram o nome do Brasil, seja em um lugar no podium ou participando da competição até o fim, isso mostra que o Brasil está vivo no Automobilismo Mundial, não temos um representante na Fórmula 1, estamos em outras categorias.

Fotos Twitter/DISupdates

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *