F-1 Últimas Notícias

Fórmula 1: Ferrari é pole no Canadá, com Vettel voltando a ser Vettel

  •  
  •  

Colaboradore no Texto: Francisco Brasil e Denis Leite

Nesta tarde tivemos o treino classificatório, Vettel conquistou a pole com uma volta perfeita, mas vamos falar um pouco sobre o treino que foi o melhor do ano, até agora.

Todos já imaginávamos que seria mais uma pole da Mercedes, que colocou 1 segundo de vantagem nas demais equipes no primeiro treino livre. Mas o que vimos foi uma disputa acirrada, uma vez que a Ferrari se mostrava mais rápida que a equipe alemã no terceiro setor – que são as duas longas retas – daixando o primeiro e segundo com o domínio da Mercedes, algo que trouxe uma emoção maior no treino.

No Q1 Vettel fez o melhor tempo, marcando 1:11,200, ficando a 0,014 a frente de Hamilton. Já no Q2, foi a vez do inglês dar o troco e fechar na ponta, marcando 1:11.518, ficando a 0,085 a frente de Vettel.

Ao final do Q2 um acidente forte com Kevin Magnussen da Haas causou a bandeira vermelha nos segundos finais. Quem saiu prejudicado foi Max Verstappen, que vinha fazendo uma boa volta para passar para o Q3, mas acabou ficando de fora na décima primeira posição. Outro que se deu mal foi Romain Grosjean que vinha logo atrás de seu companheiro no momento da batida, e por pouco a Haas teria que consertar não um, mas dois carros.

Com a interrupção da bandeira vermelha, ficou ainda maior o suspense de quem ficaria com a pole: Mercedes ou Ferrari.

Começa o Q3 com a indefinição ainda pairando sobre todos. Bottas acabou escapando, mas conseguiu evitar estampar o muro. Porém comprometeu seu jogo de pneus e teve que retornar aos boxes e a volta que poderia colocá-lo em uma posição mais à frente não foi boa, relegando o finlandês à sexta posição, atrás da Renault de um inspiradíssimo Daniel Ricciardo (que deve ter aberto um sorriso daqueles) e da RBR de Gasly, que por sinal sofreu pra conseguir a quinta posição no grid. Acho que Christian Horner sentiu saudades de Ricciardo.

Hamilton fez aquela volta que estaria garantindo a pole provisória, mas quem fez a volta perfeita já com o cronômetro zerado foi Sebastian Vettel, como dissemos no início do texto. O terceiro setor fez a diferença para a pole do alemão, que marcou o tempo de 1:10.240 e quebrou o recorde da pista.

É a primeira pole de Vettel na temporada 2019, e notamos que ele vem mostrando sinais de reação, voltando aos bons tempos em que fazia voltas sensacionais para largar na posição de honra, mas treino é uma coisa e corrida é outra, vamos aguardar amanhã, com certeza será uma corrida bem disputada.

Uma equipe que podemos destacar é a Renault que vinha de resultados negativos, hoje conseguiu colocar seus dois carros entre os 10 primeiros, Daniel Ricciardo larga da quarta posição e seu companheiro Nico Hulkenberg sai no sétimo posto.

Além dela, a McLaren – outra escuderia empurrada pelo powertrain francês – também levou sua dupla a ao estágio final da qualificação, mostrando que a diferença de potência para Mercedes e Ferrari já não é tão grande.

Antes de fecharmos esta edição, a FIA soltou um comunicado que Carlos Sainz foi punido em 3 posições, por ter bloqueado Alexander Albon da STR.

Amanhã a partir das 15:10 no SporTV2 teremos a largada do GP do Canadá, quem vencerá a corrida, façam suas apostas.

Até lá!

Fotos twitter.com/F1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *