DTM

DTM 2019: Resumo da Pré-Temporada

  •  
  •  

Colaboração no Texto Francisco Brasil

Na semana passada foram realizados os últimos testes da Pré-Temporada da DTM em Lausitzring na Alemanha. Agora a DTM retorna a pista em 04/05 em Hockenheimring para abertura da temporada 2019.

Pela primeira vez, a categoria realizou importantes testes de pré-temporada no circuito de Brandenburg, localizado entre Berlim e Dresden. Ao longo da sessão de quatro dias, todos os 18 Pilotos das três marcas de fabricantes Aston Martin, Audi e BMW, colocaram muitas Quilometragens em seus carros, chegando a incríveis 3.921 voltas entre segunda e quinta-feira.

As Montadoras

A Audi, que terminou o teste com o tempo de volta mais rápido (1m35.169s com Robin Frijns, na quarta-feira), foi representada por nove carros: o carro de teste da Audi Sport, dois chassis para as equipes Abt Sportsline, Rosberg e Phoenix e um único Audi RS5 DTM para operação da nova equipe  WRT.

Klettwitz: DTM Lausitzring Test 2019, Klettwitz on April, 16, 2019, (Photo by Hoch Zwei) Jonathan Aberdein (RSA, Audi, W Racing Team)

A BMW, que terminou o teste com o sexto tempo mais rápido (1m35.884s com Joel Eriksson), com três chassis BMW M4 DTM para seus seis pilotos de fábrica.

Klettwitz: DTM Lausitzring Test 2019, Klettwitz on April, 17, 2019, (Photo by Hoch Zwei) Bruno Spengler, ( CAN, BMW Team RBM )

A Equipe oficial da Aston Martin A R-Motorsport com dois Aston Martin Vantage DTMs para seus quatro pilotos, marcando o nono tempo de 1m36.345s com Jake Dennis ao volante.

Klettwitz: DTM Lausitzring Test 2019, Klettwitz on April, 16, 2019, (Photo by Hoch Zwei) Daniel Juncadella ( ESP, Aston Martin )

O Pacote Turbo

O melhor tempo da semana de Frijns foi mais de dois segundos mais rápido do que a volta de qualificação do ano passado (1m37.343s de Lucas Audi), sublinhando a potência dos novos motores turbo de quatro cilindros para 2019. As novas unidades produzem cerca de 100 HP mais do que as V8s aspirados da última temporada, com uma produção prevista de cerca de 610bhp. Acoplados a uma redução de 45 kg do peso mínimo (até 986 kg), os fãs podem esperar pelo DTM mais rápido de todos os tempos em 2019.

Brasileiro na categoria

Na quinta-feira, como já noticiamos no Planeta Velocidade, a equipe Belga da Audi, WRT, confirmou a identidade de seu segundo piloto, confirmando é Pietro Fittipaldi e se juntará ao sul-africano Jonathan Aberdeen após um teste bem-sucedido de dois dias no carro, marcando o tempo de 1m36.194s. O brasileiro, neto do bicampeão mundial de F1 Emerson Fittipaldi, impressionou imediatamente, apesar de dirigir o carro pela primeira vez na terça-feira.

Sobre o Pietro, é bom para ele competir em uma categoria de ponta em conjunto com  trabalho como piloto de testes (Equipe Haas F1). E é bom também que seja apenas uma categoria para evitar as complicações ocorridas no último ano (o acidente em SPA), bem como manter o foco e mostrar resultados que ajudem na conquista de uma vaga na F1.

O que disseram os Chefes de Equipe

Da Audi Motorsport  “Dieter Gass” disse:

Geralmente somos muito contentes e aprendemos muito. Obviamente, os resultados não devem ser superestimados. A experiência mostrou que ninguém coloca todas as suas cartas na mesa no teste de pré-temporada. Mesmo assim, é bom ver todos os seus carros nas primeiras posições.

Devido aos carros modificados e aos novos motores turbo, tivemos um pouco mais de trabalho do que normalmente fazemos antes de uma temporada, mas ainda podemos ser felizes no geral. Só saberemos em Hockenheim, onde nos encontramos verdadeiramente. Vai ser extremamente emocionante.

Da BMW Motorsport  “Jens Marquardt” disse:

Esse foi um teste final muito intenso para as nossas equipes e pilotos – um grande obrigado aos nossos mecânicos e engenheiros que trabalharam muito e duramente ao longo desta dura semana de testes.

Muitos desses carros de 2019 são completamente novos e estamos ganhando experiência a cada volta que recebemos. Os dois primeiros dias não foram exatamente como planejado, mas toda a equipe – incluindo os pilotos – se recuperou e se recusou a deixá-los desestabilizar.

Em seguida, completamos muitas voltas na quarta e quinta-feira e adquirimos uma melhor compreensão do carro como um todo. Nesse sentido, fizemos um grande progresso.

Agora vamos para Hockenheim. Como sempre, essas primeiras sessões de qualificação e corridas nos darão uma indicação verdadeira de onde estamos.

Estamos realmente ansiosos pelo começo da temporada.

Da Equipe da R-Motorsport / Aston Martin “ Florian Kamelger” adicionou:

Durante os quatro dias de teste em Lausitzring, as muitas voltas num total de 3.610,3 quilômetros nos forneceram informações valiosas para o desenvolvimento do nosso Aston Martin Vantage DTM.

Como de costume em tais testes, fomos capazes de identificar e eliminar algumas falhas. Estamos muito satisfeitos com a consistência nos tempos de volta que conseguimos, tendo em conta que não tentámos definir tempos rápidos.

Podemos analisar que a temporada 2019 será bem competitiva, a entrada da era Turbo e vendo os tempos despencando 2 segundos com relação a 2018, vai ser uma temporada para entrar para a historia da DTM como uma das melhores de todos os tempos. E o Planeta Velocidade esta acompanhando todas as etapas para trazer a melhor informação para vocês que nos acompanham.

Fotos DTM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *