DTM

DTM: René Rast e Nico Müller vencem na etapa de encerramento da temporada 2019.

No sábado, o melhor foi deixado para o final: René Rast (GER, Audi) venceu a corrida cercada de suspense com céu encoberto e interrupções, quando o DTM encerrou sua penúltima corrida da temporada de 2019.

DTM Hockenheim Finale 2019

O recém-coroado campeão ficou no topo depois de um duelo com Marco Wittmann (GER, BMW), que havia redescoberto o ritmo do início da temporada em seu carro, o que lhe permitiu levar a luta para a frente. O pit stop de Wittmann parecia pronto para lhe dar a liderança, mas um Safety Car inoportuno neutralizou sua vantagem – o que significa que ele foi forçado a dar um passo tardio para a liderança. Rast rebateu, retomou a posição e conseguiu estabelecer uma pequena margem.

Atrás dos líderes, houveram batalhas ferozes entre os 10 primeiros, quando o Safety Car agrupou todos os carros, provocando muitos momentos frenéticos, enquanto todos lutavam por aderência e posição. Paul Di Resta (GBR) fez uma corrida determinada para terminar como o melhor piloto da Aston Martin em sétimo. E o ex-campeão mundial de Fórmula 1 Jenson Button (GBR), pilotando nesta corrida como um dos três inscritos do SUPER GT japonês, superou um pit stop de 18 segundos para chegar em nono lugar.

DTM Hockenheim Finale 2019

Vitória de Rast, título da Rosberg – decisão no campeonato de equipes.

DTM Hockenheim Finale 2019

O resultado do duelo entre Rast e Wittmann também contribuiu indiretamente para a conquista antecipada do título da Audi Sport Team Rosberg no campeonato de equipes. A vitória de Rast lhe rendeu 28 pontos para a Rosberg, contra os 12 pontos que Robin Frijns (NED) conquistou pela Audi Sport Abt Sportsline. Com Jamie Green (GBR) e Nico Müller (SUI) falhando, a margem da Rosberg aumentou para 48 pontos – o número exato de pontos que a equipe poderia conquistar no domingo. No entanto, Rosberg selou o título em virtude de ter conseguido oito vitórias este ano em comparação com as duas de Abt.

O que dizem os pilotos – corrida 1, final da temporada Hockenheim.

René Rast, vencedor:

DTM Hockenheim Finale 2019

“Vencer é sempre um momento especial, e garantir o título de equipes é a cereja do bolo. Estou muito feliz por toda a equipe. Juntos, dedicamos muito esforço a esse projeto – horas e dias sem fim. Reivindicar a vitória não foi tão fácil como poderia parecer de fora: Marco realmente teve uma boa primeira volta e aplicou muita pressão.”

Jenson Button, 9º lugar:

DTM Hockenheim Finale 2019

“Eu só perdi uma posição no começo. No entanto, sem DRS, acompanhar os demais era difícil. Somente uma vez que encontrei um ritmo, consegui acompanhar. Por outro lado, eu deveria ter sido mais amigável com os pneus. Eu também perdi muito tempo em minha parada – os caras não estão acostumados a fazer paradas como essas, então perdemos algum tempo. Após o reinício, subi de 15º para o 9º lugar e foi muito divertido.”

Resultado da corrida 1:

01. René Rast (GER), Audi, 38 laps in 1h 01m 00.948s

02. Marco Wittmann (GER), BMW, + 1.693s

03. Mike Rockenfeller (GER), Audi, + 10.697s

04. Robin Frijns (NED), Audi, + 17.795s

05. Loïc Duval (FRA), Audi, + 24.224s

06. Timo Glock (GER), BMW, + 25.760s

07. Paul Di Resta (GBR), Aston Martin, + 26.439s

08. Bruno Spengler (CAN), BMW, + 27.270s

09. Jenson Button (GBR), Honda, + 31.492s

10. Joel Eriksson (SWE), BMW, + 31.868s

Já no domingo, Nico Müller garantiu o segundo lugar na classificação de pilotos com sua terceira vitória da temporada alcançada em condições particularmente difíceis com a muita chuva em Hockenheim. Ele foi seguido em casa pelos companheiros da Audi Mike Rockenfeller (GER) e René Rast (GER).

DTM Hockenheim Finale 2019

Nos minutos iniciais da corrida, fortes chuvas causaram o caos – Rast fez um excelente início, largando da oitava posição indo para segundo; O piloto do SUPER GT, Nick Cassidy (NZL), foi arremessado contra o muro na primeira volta; e o Aston Martin de Dani Juncadella (ESP) também parou com problemas, provocando uma bandeira vermelha.

Na frente, o pole Müller abriu boa vantagem, seguido de Rockenfeller e o rápido Rast. O piloto suíço conseguiu manter a pressão sobre o recém-coroado campeão, saltando à frente após as paradas. Jamie Green (GBR), que parou tarde, liderou grande parte da corrida antes de chegar à última volta, devolvendo o primeiro lugar a Müller, que fez uma boa corrida.

DTM Hockenheim Finale 2019

O DTM mais rápido de todos os tempos termina com emocionante final.

A primeira temporada da nova era turbo do DTM terminou com uma dominante e limpa campanha da Audi. Foi uma conquista que, de muitas maneiras, refletiu o aumento do domínio da marca, que garantiu os títulos de pilotos, fabricantes e equipes deste ano, bem como 12 vitórias das 18 etapas. Seus pilotos marcaram pontos em 19 ocasiões.

DTM Hockenheim Finale 2019

Timo Glock (GER) foi o piloto da BMW mais bem colocado, concluindo uma temporada muito ruim com o quarto lugar, um destaque pessoal. Para a Aston Martin, a temporada também terminou com outro resultado de pontuação: Jake Dennis (GBR) conquistou sua quinta classificação no top 10 em 18 corridas. Seus pilotos marcaram pontos em 19 ocasiões.

A conexão SUPER GT e DTM é um começo promissor.

DTM Hockenheim Finale 2019

Em Hockenheim, os carros da série japonesa SUPER GT e do DTM correram juntos pela primeira vez. Na corrida de sábado com pista seca, os carros-convidados conseguiram impressionar, com o atual campeão do SUPER GT, Jenson Button (GBR, Honda), conquistando o nono lugar com grande credibilidade. No processo, Button e sua equipe Honda demonstraram uma capacidade impressionante de se adaptar e aprender, adquirindo um entendimento de pneus da Hankook, largadas em em movimento, pit stops com troca de pneus e a agitação das corridas do DTM. No próximo mês, as duas séries se reencontram em Fuji, onde 15 carros SUPER GT competem contra sete carros DTM nos dias 23 e 24 de novembro.

Impressões – corrida 2, final da temporada Hockenheim.

Gerhard Berger, Presidente da ITR e. V.

DTM Hockenheim Finale 2019

“Parabéns a René Rast e Audi. Eles dominaram a primeira temporada do DTM usando os novos motores turbo de quatro cilindros, particularmente durante a segunda metade da temporada. Eu tiro meu chapéu para René, que realmente é um piloto extraordinário. No entanto, também parabenizo a R-Motorsport e a BMW.

A R-Motorsport desenvolveu o Aston Martin em tempo recorde e gerência quatro carros desde o início da temporada. Ao longo do ano, eles mostraram progresso contínuo e marcaram pontos regularmente. A BMW mostrou seu espírito de luta: Marco Wittmann sempre se destacou e foi recompensado com o terceiro lugar na classificação dos pilotos. A temporada do DTM terminou com um destaque em Hockenheim: a participação dos três carros da série SUPER-GT foi histórica.

O apoio dos fãs da DTM a Jenson Button e seus quatro colegas pilotos do Japão foi enorme. Infelizmente, o tempo chuvoso realmente dificultou para eles. Agora, no entanto, estamos ansiosos pelas corridas conjuntas em Fuji nos dias 23 e 24 de novembro. “

Nico Müller, vencedor:

DTM Hockenheim Finale 2019

“Era assim que eu queria terminar esta temporada. Minha equipe e a Audi fizeram um ótimo trabalho ao tornar o carro competitivo em condições de chuva. Hoje, simplesmente tínhamos o carro necessário para essas condições. Além disso, fizemos tudo certo e garantimos o segundo lugar. Para a próxima temporada, estou muito motivado. Obviamente, ganhar o título é sempre o objetivo final. É exatamente para isso que vamos trabalhar. “

Mike Rockenfeller, 2º lugar:

DTM Hockenheim Finale 2019

“Fiz um bom começo mas, de repente, René estava ao meu lado na Parabólica. Após a bandeira vermelha, decidimos colocar pneus novos para o recomeço, e isso funcionou bem. Provavelmente não tivemos o melhor pit stop, mas ainda assim um grande elogio para os caras, porque desta vez, no lado direito, tínhamos alguém que nunca havia feito isso antes. Ele teve que substituir alguém que havia adoecido. Infelizmente, não pude seguir Nico com meu segundo conjunto de pneus. No entanto foi um ótimo final de semana para mim, para nossa equipe e para a Audi. Para a próxima temporada, trabalharemos mais para disputar o campeonato. “

René Rast, 3º lugar

DTM Hockenheim Finale 2019

“Fiquei um pouco surpreso com o meu começo. Na largada, passei por alguns carros e também por Mike na Parabolica. No entanto, eu esperava que ele pudesse ver, o que foi bastante difícil com todo o spray. Após o reinício e o pit stop, ficamos um pouco conservadores com a pressão dos pneus. Quando choveu menos, funcionou melhor, mas perdemos no final quando a chuva ficou mais forte. No geral, não estávamos na janela certa com a pressão dos pneus. Após esta grande temporada, o terceiro título será nosso objetivo para o próximo ano, porque vencer três títulos é algo que apenas alguns pilotos já haviam alcançado antes.”

Jenson Button, 16º lugar

DTM Hockenheim Finale 2019

“Hoje foi um dia difícil para nós, mas aprendemos muito. Certamente, as equipes japonesas têm muitas idéias agora para a corrida em Fuji no próximo mês. E os pilotos do DTM precisam se preparar para diferentes condições lá. No geral, gostei muito do meu fim de semana no DTM. A atmosfera foi ótima, o apoio dos fãs: existem grandes marcas competindo entre si, e as corridas são excelentes. Foi ótimo fazer parte disso.”

Resultado da corrida 2:

01. Nico Müller (SUI), Audi, 27 Runden in 1:04.45,023 Std.

02. Mike Rockenfeller (GER), Audi, + 3,835 Sek.

03. René Rast (GER), Audi, + 8,403 Sek.

04. Timo Glock (GER), BMW, + 11,849 Sek.

05. Jamie Green (GBR), Audi, + 13,094 Sek.

06. Joel Eriksson (SWE), BMW, + 16,248 Sek.

07. Robin Frijns (NED), Audi, + 22,172 Sek.

08. Jake Dennis (GBR), Aston Martin, + 36,954 Sek.

09. Bruno Spengler (CAN), BMW, + 51,319 Sek.

10. Loïc Duval (FRA), Audi, + 55,877 Sek.

Foto Destque DTM Hockenheim Finale 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *