F-1 Últimas Notícias

Formula 1: 90 anos do GP de Mônaco.

  •  
  •  

Antes mesmo do surgimento da Formula 1, Mônaco já era palco de uma das três Corridas mais importantes do mundo.

Esta semana recebi todo tipo de comentário a respeito desta prova icônica, presente no calendário da Formula 1 a 69 anos, algumas pessoas dando a devida importância a esta que, juntamente com as 500 Milhas de Indianapolis e 24 Horas de Le Mans, formam a Tríplice Coroa do Automobilismo Mundial, mas a maioria dos comentários depreciativos, de gente que pouco ou nada conhecem da história deste GP.

GP de Mônaco – 1929

Cerca de 21 anos antes da existência da Formula 1, mais precisamente em 1929, Antony Noghes, empresário da Industria Tabagista organizou o primeiro Grande Prêmio de Monte Carlo, a corrida nas ruas do Principado teve como primeiro vencedor William Grover pilotando um Bugatti.

Após a chegada da Formula 1 em 1950, o já badalado GP passou a ser a corrida mais “glamorosa” da Categoria, com a realeza do principado entregando os troféus aos vencedores, celebridades mundiais desfilando pelo grid e milionários assistindo a corrida de seus Iates na marina ou nas sacadas luxuosas de frente para pista.

GP de Mônaco – 1929

Falando de corrida, a que, num primeiro momento pode parecer a prova mais monótona do calendário, por outro lado é a mais imprevisível, aqui qualquer um pode vencer, duvida?

Como não lembrar de Ayrton Senna com uma Toleman assombrando o mundo em 1984? Mas aí você pode dizer; “Mas ele era o Ayrton Senna”.

Ayrton Senna – 1984

Mas o que dizer de Olivier Panis em 1996 com uma Ligier? Ou quem apostaria que um piloto largando da 14ª posição, uma a mais que a de Senna em 84, venceria aquela prova? Mas Mônaco é assim, inexplicável, e o Frances levou a Ligier a sua primeira vitória em 15 anos, um feito que merece uma atenção especial numa outra oportunidade, mas o papo aqui é Mônaco.

Olivier Panis -1996

É uma pista muito travada, alguns dirão, concordo, mas justamente por isso permite uma luta mais igual entre as equipes. Apertada e quase sem nenhum ponto de ultrapassagem, a pista de Mônaco permite cenas como as de 2001, em que o jovem piloto brasileiro Enrique Bernoldi com uma Arrows se manteve à frente da poderosa McLaren de David Coulthard por nada menos que 35 voltas, dando à pequena equipe a maior exposição na mídia de todos os tempos.

24 May 2001: Enrique Bernoldi of Arrows and Brazil in action during first practice for the Formula One Monaco Grand Prix, Monte Carlo. Mandatory Credit: Clive Mason/ALLSPORT

Andar em Mônaco é realmente diferente, se de fora parece monótono, passar a 290 km/h, a milímetros de um guard rail, entrar em um túnel escuro e sair com o sol batendo na viseira durante uma freada forte que antecede uma chicane que mais parece uma “esquina”, só mesmo do sofá de casa parece fácil.

Mesmo este ano, em meio a um domínio massacrante da Mercedes, em Mônaco este domínio não representa tanto, uma parada de box mal calculada pode representar preciosos segundo no meio do trafego.

Mônaco tem uma atmosfera diferente, o glamour, retratado no cinema, também tem como espectadores astros e estrelas de Hollywood já que o GP acontece nos dias do Festival de Cannes.

Não, nada se compara a Mônaco, para quem acha que é só uma corrida pode ser, mas Mônaco é mais, Mônaco é história, 90 anos de histórias que vão muito além de uma simples corrida de carros.

Juan Manuel Fangio – 1950

Fotos Divulgação/Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *