F-1 Últimas Notícias

Fórmula 1: Ferrari perde por 5 segundos

  •  
  •  

Nesta tarde foi disputada a sétima etapa da temporada 2019, uma corrida que poderia ter tido um outro final, se não fosse a punição para Sebastian Vettel.

Antes mesmo de começar a corrida, havia uma preocupação dentro da equipe Mercedes no carro #44, foi detectado um vazamento hidráulico, o carro foi totalmente desmontado e remontado instantes antes da formação do grid, a tensão tomou conta da equipe. Mas felizmente foi solucionado e o carro partiu para o grid.

As luzes vermelhas se apagam e começa o GP do Canadá!!

Com boa largada Sebastian Vettel se mantém na ponta, logo atrás Hamilton e Charles Leclerc brigam pela segunda posição mas o piloto Inglês se mantém à frente. O único que teve problemas na largada, foi Alexander Albon (STR), que foi tocado por dois carro a sua frente e teve a asa dianteira quebrada e teve que ir para o pit, fora isso foi uma largada sem maiores problemas.

Na volta de número 8 Lando Norris que vinha fazendo uma boa corrida, encosta sua McLaren #4 próximo a saída do Pit, com a suspensão traseira quebrada, algo inusitado pois não houve nenhum toque visível para tanto estrago, fim de prova para Norris.

A corrida seguia tranquila, até que começaram as paradas nos pits.

O primeiro a parar dentre os líderes foi Vettel colocando pneus C1 (duros) na volta 26, já prevendo uma única parada, na volta 28 foi a vez de Hamilton que também adotou a mesma estratégia de uma única parada. E mais uma vez a Ferrari apostou em deixar Leclerc mais tempo na pista e com 33 voltas o chamou para a troca, mas poderia ter feito esta troca antes, para quando saísse, voltasse mais próximo de Hamilton ou até poderia ter feito a troca junto com a Mercedes, já que as Ferraris estavam mais rápidas. Mas enfim, eles sabem o que é melhor para seus pilotos.

Chegamos a volta 48, volta que definiu o vencedor da corrida.

Vettel erra na entrada da chicane e passa pela grama, saindo a frente de Hamilton e mantendo a primeira posição. Mas, os comissários colocaram a manobra do Alemão sobre investigação e na volta 58 veio o comunicado que  seria acrescido 5 segundos ao piloto da Ferrari #5.

Segue a corrida!

Nas posições mais atrás, vimos diversas disputas interessantes, Bottas não conseguindo ultrapassar a Renault de Daniel Ricciardo por várias voltas, Lance Stroll brigando com Daniil Kvyat para conseguir conseguir a nona posição e marcar pontos para a Racing Point, entre outras equipes que será abordado na matéria que nosso colaborador Francisco Brasil estará falando sobre as equipes.

Após a bandeirada tivemos cenas inusitadas.

Sebastian Vettel deixou seu carro na entrada dos pits, não indo para o local onde ficam os três primeiros e foi direto para as dependências da Equipe Ferrari. Instantes depois a pedido da comissão da FIA, para cumprir como protocolo, o piloto alemão se dirige para o pódio, mas antes vai até onde estão os carro e muda a placa com o número das posições, coloca o número 1 no espaço onde estaria seu carro e o número 2 na frente do carro de Hamilton e vai em direção a sala antes do pódio. O clima não foi dos melhores.

No pódio foi algo bem amargo, vaias, caras fechadas.

E assim chegamos ao final de mais um GP do Canadá, tinha tudo para ser uma grande corrida, a reação da Ferrari, mas infelizmente os comissários desportivos, não deixaram isso acontecer, faz parte! E vimos mais uma vitória da Mercedes.

A próxima corrida será disputada na França, circuito de Paul Ricard, no dia 23/06 e o Planeta Velocidade estará acompanhando para trazer as melhores informações.

Até la!

Fotos twitter.com/F1

One Response

  1. Acho que o o Vettel errou mais uma vez e e fechou o Hamilton que podia ter causado mais um acidente como é de custume dele e para tirar o foco do proprio erro fez aquela palhaçada e vamos lembrar que se o piloto corta caminho a preferencia é de quem faz o trajeto certo e teve o risco de acidente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *