F-1 Últimas Notícias

Formula 1: GP de Silverstone, o que esperar?

  •  
  •  

Formula 1 desembarca em Silverstone depois de um verdadeiro espetáculo na Áustria, a pergunta é, teremos emoção parecida em Silverstone?

Opinião Regii Silva:

A resposta é não, mas nem por isso será menos interessante, principalmente do lado de fora da pista, a dança das cadeiras, a retirada do patrocinador máster da Haas, e a renovação com o circuito Inglês por mais cinco temporadas, entre outros assuntos, já estão movimentando o Paddock no Reino Unido.

Dança das Cadeiras:

A movimentação começou cedo e no início desta semana a McLaren tratou de confirmar logo sua atual dupla, Carlos Sainz e Lando Norris que permanecem no time Inglês, calando de vez algumas especulações sobre uma volta do Espanhol Fernando Alonso ao time.

Os olhos agora se voltam para a RBR, onde existe uma remota possibilidade da saída de Max Verstappen, e uma eminente saída de Pierre Gasly, após novas declarações de Helmut Marko detonando o jovem. Já Verstappen, embora contente onde está, mas de olho na Mercedes, onde Valteri Bottas provavelmente será dispensado, mesmo tendo como reserva o excelente Esteban Ocon, quem não gostaria de contar com o piloto Holandês? Até mesmo a Ferrari, que tem seu piloto Tetracampeão Sebastian Vettel, soltando constantemente a palavra “aposentadoria” em suas entrevistas. Isso pode até se agravar caso não vença logo, ainda nessa temporada.

Outras vagas, menos “glamorosas” devem surgir, na Williams, já é dada como certa a saída de Kubica ao final do ano, especula-se até a chegada do Brasileiro Sergio Sette Câmara junto com a Petrobras que poderia estar se transferindo da McLaren para a equipe de Frank Williams. Outro piloto poderia ser indicado pela Renault, com quem a Williams negocia o fornecimento das unidades de potência, mas este, também para a vaga de Kubica, pois Russel parece ser intocável na equipe. 

Já a Haas pode promover Pietro Fittipaldi já em 2020, possivelmente na vaga de Romain Grosjean, e uma segunda vaga, deixada por Magnussen também é dada como quase certa.

Seguindo esse raciocínio, teremos uma boa vaga na RBR já certa, e talvez duas, se Verstappen não renovar, mas a vaga dos sonhos mesmo está na Mercedes e apesar de Ocon levar alguma vantagem, por seu “passe” pertencer a Toto Wolf, na Formula 1, certezas não existem.

Rich Energy deixa a Haas:

Curiosamente, foi através do Twitter que a equipe Haas ficou sabendo que está perdendo seu patrocinador máster, a alegação é de que a equipe não está tendo o desempenho esperado. A Haas afirma que a Rich continua e diz que contrato a protege contra um abandono da fábrica de energéticos.

Silverstone permanece:        

Também no início da semana a Liberty Media anunciou a permanência do GP de Silverstone até 2023, com isso um dos mais tradicionais GPs do calendário está mantido. No início do mês havia se aventado a possibilidade de Silverstone se retirar, enfim chegaram a um acordo que é muito bom para a Formula 1.

E a corrida?

Promete mais uma vez privilegiar Mercedes e RBR, por ser um circuito com curvas de alta e retas curtas, em outras palavras, não tão bom para a concepção do carro da Ferrari, apesar de que as modificações feitas no bico dos carros tenham trazido um bom ganho de pressão aerodinâmica.

Se fosse apostar, apostaria na Mercedes e em Lewis Hamilton que tem a motivação extra, por correr em casa, como se precisasse de alguma.

Olho em Verstappen, nos pilotos da Ferrari, na reação ou não de Bottas e em Gasly cada vez mais pressionado.

É isto, seja dentro ou fora da pista, motivos não faltam para acompanhar o GP da Inglaterra, e aqui no Planeta Velocidade você não perde nenhuma informação, desde o TL1 até os comentários pós corrida.

Fotos Divulgação/Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *