F-1 Últimas Notícias

Fórmula1: FIA apresenta o projeto do carro para 2021

Após mais de 2 anos, os fãs da F1 poderão apreciar o novo conceito dos carros que disputarão as corridas a partir de 2021 e os regulamentos que conduzirão as corridas.

Edição e Revisão Francisco Brasil e Marcos Amaral

Foi um trabalho longo, que envolveu uma análise mais detalhada das operações dentro e fora da pista. A FIA e a Fórmula 1 confirmaram a direção futura do esporte com a publicação de um conjunto abrangente de novos regulamentos que definirão a série a partir de 2021.

Foto Twitter/F1

Foi apresentado no Circuito das Américas em Austin (Texas) pelo presidente e CEO da Fórmula 1 Chase Carey, e pelo presidente da FIA Jean Todt, após ratificado pelo Conselho Mundial de Automobilismo. O novo regulamento tem como objetivo promover corridas mais próximas e competição mais equilibrada, além de trazer economia e sustentabilidade esportiva para a Fórmula 1.

A partir de 2021, a Fórmula 1 terá:

Carros mais aptos a melhores disputas na pista;

Uma competição mais equilibrada na pista;

Um esporte em que o sucesso é determinado mais pelo forma que uma equipe gasta seu dinheiro, não o quanto gasta – incluindo, pela primeira vez, um teto de custo totalmente aplicável (US $ 175 milhões por temporada) nas regras da FIA;

Um esporte que é um negócio melhor para os participantes e mais atraente para novos participantes em potencial;

Um esporte que continua a ser a principal competição de corridas de automóveis do mundo e a vitrine perfeita de tecnologia de ponta.

Os regulamentos, que foram aprovados por unanimidade, serão casados ​​com uma nova estrutura de governança e participação nos lucros que permitirá que o esporte cresça e melhore, fortalecendo ainda mais o modelo de negócios. Esses acordos estão em um estágio avançado com as equipes.

“A Fórmula 1 é um esporte incrível, com uma grande história, heróis e fãs em todo o mundo”, disse Chase Carey, Presidente e CEO da Fórmula 1.

Foto Twitter/F1

Carey ainda diz: “Nós respeitamos profundamente o DNA da Fórmula 1, que é uma combinação de grandes competições esportivas, pilotos talentosos e corajosos, equipes dedicadas e tecnologia de ponta. O objetivo sempre foi melhorar a competição e a ação na pista e, ao mesmo tempo, tornar o esporte um negócio mais saudável e atraente para todos.

A aprovação das regras pelo Conselho Mundial de Automobilismo é um momento decisivo e ajudará a proporcionar corridas roda a roda mais emocionantes para todos os nossos fãs. As novas regras surgiram de um processo detalhado de dois anos de análise de questões técnicas, esportivas e financeiras, a fim de desenvolver um pacote de regulamentos.

Fizemos muitas mudanças durante o processo, pois recebemos informações das equipes e de outras partes interessadas e acreditamos firmemente que atingimos as metas que tínhamos estabelecido para cumprir. Esses regulamentos são uma etapa importante; no entanto, esse é um processo contínuo e continuaremos a aprimorá-lo e a adotar outras medidas para permitir que nosso esporte cresça e alcance todo o seu potencial.

Uma das iniciativas mais importantes que abordaremos à medida que avançamos é o impacto ambiental do nosso esporte. Já temos o mecanismo mais eficiente do mundo e, nas próximas semanas, lançaremos planos para reduzir e, finalmente, eliminar o impacto ambiental de nossos esportes e negócios. Sempre estivemos na vanguarda da indústria automobilística e acreditamos que também podemos desempenhar um papel de liderança nessa questão crítica”.

Foto Twitter/F1

As palavras de Carey foram repetidas pelo presidente da FIA, Jean Todt: “Depois de mais de dois anos de intensa pesquisa e desenvolvimento, de estreita colaboração com nossos parceiros na Fórmula 1 e com o apoio de equipes e pilotos, projetistas de circuitos, o fornecedor de pneus (Pirelli) e todas as partes interessadas na F1. A FIA tem o orgulho de publicar hoje o conjunto de regulamentos que definirão o futuro da Fórmula 1 a partir de 2021.

É uma grande mudança na forma como o auge do esporte a motor será realizado e, pela primeira vez, abordamos os aspectos técnicos, esportivos e financeiros de uma só vez. Os regulamentos de 2021 foram um esforço verdadeiramente colaborativo, e acredito que seja uma grande conquista.

Um elemento crucial para o avanço da FIA serão as considerações ambientais – a Fórmula 1 já possui os motores mais eficientes do mundo e continuaremos a trabalhar em novas tecnologias e combustíveis para empurrar essas fronteiras ainda mais. O que a FIA publica hoje é a melhor estrutura que poderíamos ter para beneficiar concorrentes e partes interessadas, garantindo um futuro emocionante para o nosso esporte”

Foto destaque Twitter/F1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *