Destaques F-1 Últimas Notícias

Lewis Hamilton: o famigerado esmagador de recordes

  •  
  •  

Não é todo dia que podemos falar de um hexacampeonato de um piloto, principalmente se o mesmo se tratar de um competidor de Fórmula 1.

Aliás, esta marca, como se sabe, só havia sido atingida uma única vez na história, no ano de 2003, quando Michael Schumacher conquistou o seu sexto título mundial, a bordo de sua Ferrari. 

Foto Internet/Divulgação

É um feito grandioso que, contrariando a realidade atual, veio de um garoto pobre e que, por amor ao esporte, se dedicou ao mesmo em sua plenitude e agarrou com ambas as mãos as oportunidades que seu talento nato lhe deu junto aos dirigentes da McLaren, na qual estreou na principal categoria do automobilismo mundial, no ano de 2007, ao lado do Finlandes  Kimi Räikkönen e do espanhol Fernando Alonso, e conquistando, já em sua primeira prova, um honroso terceiro lugar.

Foto Internet/Divulgação

Naquele ano brigou de igual para igual com aquele bicampeão mas, no duelo de titãs da McLaren, quem se deu bem foi a Ferrari de Kimi Raikkonen.

Já no ano seguinte, em uma disputa direta com o brasileiro Felipe Massa, que durou até o final da última volta do GP do Brasil, sagrou-se o primeiro campeão de Fórmula 1 de origem afrodescendente, derrubando de vez todo e qualquer preconceito que as mentes menos evoluídas ainda poderiam pensar em demonstrar.

Foto Internet/Divulgação

Não se pode deixar de dizer que teve muita coragem ao deixar o “ninho” da equipe que o criou para assumir o cockpit deixado justamente por Michael Schumacher na equipe Mercedes, depois de sua segunda e derradeira aposentadoria.

Foto MercedesAmgF1/Divulgação

E foi lá que ele se encontrou de vez, conquistando nada menos do que 5 títulos mundiais a bordo da tradicionalíssima flecha de prata, nos anos de 2014, 2015, 2016, 2018 e 2019, reinserindo seu nome entre os grandes imortais da fórmula 1 e dobrando o número de títulos conquistados por seu grande ídolo, o brasileiro Ayrton Senna.

Foto Internet/Divulgação

Com talento e genialidade incontestáveis, Hamilton superou a incrível marca do argentino Juan Manuel Fangio, e hoje só enxerga na sua frente o sétimo título conquistado por Michael Schumacher no ano de 2004 e que todos nós sabemos que ele terá plenas condições de igualar e, quem sabe, até mesmo superar, tornando-se um ícone ainda maior no mundo dos esportes a motor.

Foto Internet/Divulgação

Cientes de que estamos presenciando a atuação de uma verdadeira lenda viva do automobilismo mundial nas manhãs de domingo, no conforto de nossas casas e por meio dos nossos televisores é motivo de contentamento e reflexão de que estamos em uma era de grandes nomes e, sem sombra de dúvidas, o de Hamilton ecoará para a eternidade.

Foto Internet/Divulgação
Opinião Francisco Brasil

“A capacidade e organização da Mercedes como equipe conseguem extrair o melhor de um piloto e, quando se trata de Lewis Hamilton, o nível do trabalho aumenta exponencialmente.

Um piloto acima da média, que evolui técnica e psicologicamente a cada temporada, tendo uma equipe tão estruturada por trás, só poderia ter números superlativos. E o sexto titulo do inglês (sendo 5 com a equipe alemã) prova isso, com um domínio da categoria rainha do automobilismo sendo fruto do talento e, acima de tudo, trabalho em equipe. Parabéns a Lewis Hamilton por saber transformar seu talento natural em trabalho em equipe, a receita para a quebra dos recordes.”

Opinião Marcos Amaral

“O que falar de Lewis Hamilton?
A resposta está nos resultados. E como disse os membros da Equipe Mercedes ao final do GP de Austin. “

“Ele é o Cara! “

Foto destaque MercedesAmgF1/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *