Nas- Últimas Notícias

Nascar Cup: Logano segura a pressão e domina etapa de Michigan.

  •  
  •  

Texto Francisco Brasil e Marcos Amaral

Ontem foi disputada a 15° etapa da Monster Cup na pista de Michigan, que era para ser disputada no domingo e, devido ao mau tempo foi adiada, o que parece ter dado mais força ou Time da Penske, já que no sábado ganhou na etapa do Texas pela Indy com Josef Newgarden e ontem a vitória foi de Joey Logano, que largou da pole.

Após uma dura batalha com seus adversários, Logano conseguiu resistir aos ataques de todo o pelotão, inclusive na última relargada já realizada na prorrogação. Com isso, o piloto da Penske assumiu a liderança do campeonato totalizando 614, 9 a frente de  Kyle Busch.

Vamos a corrida!

O primeiro estágio foi tranquilo em decorrência das condições da pista, que havia sido lavada pela chuva. A única bandeira amarela foi a programada e teve domínio quase total do carro #22, que largou na pole, chegou a perder a ponta pro #11 de Hamlin por 3 voltas, mas se recuperou e manteve a ponta até a bandeira quadriculada verde e branca.

Já no segundo estágio, quem chegou a frente foi  Austin Dillon, que parou em bandeira amarela causada pelo carro #51 de Kyle Weatherman que pregou no muro, colocando a Chevy da Childress na frente, Logano foi para o Pit e caiu para vigésimo sexto lugar.

A segunda amarela do estágio 2 foi chamada por Clint Bowyer, que acabou perdendo a frente, deu um leve toque no #20 de Jones e acabou encontrando o muro e destruindo seu carro.

Vamos para o terceiro estágio, nada definido, bandeira verde!

Já no terceiro segmento tivemos algumas bandeiras amarelas por motivos de acidentes mais pro fim do pelotão, e o domínio continuava nas mãos de Logano, apesar de todas as tentativas de Harvick, Larson, Almirola, Kurt Busch e até Ryan Blaney, que se revezavam na segunda posição.

Mas sua vida não foi fácil, como os carros estavam andando juntos e isso é graças ao novo pacote aerodinâmico que foi adotado para a temporada 2019, e proporcionou imagens e disputas belíssimas, como o toque de Logano pra cima de Larson pela primeira posição, dando um certo troco pela fechada que havia levado voltas antes. Tanto que poucos carros levaram voltas e chegamos a ter 30 pilotos com diferença inferior a 10 segundos!

Restando quatro voltas para o final, Erik Jones teve o pneu traseiro esquerdo estourado e foi parar na grama, causando a última bandeira amarela e a prorrogação da corrida.

A tensão tomou conta dos espectadores, já que atrás de Logano vinha Truex Jr., Kurt Busch, Kyle Busch, esse mais beneficiado por excelentes paradas nos boxes do que pelo rendimento de seu carro. Ou seja, pilotos que sempre surpreendem nas relargadas.

Bandeira verde acionada, o carro #22 destraciona mas consegue retomar o ritmo e salta na frente, atrás Truex e Buschão brigavam pela segunda posição, mas quem levou a melhor foi o Chevy #1 que ultrapassou o Toyota #19 e foi em busca de Logano, enquanto Buschinho perde espaço para carros mais rápidos. E no fim, com um carro muito bem acertado e uma pilotagem fria, Joey Logano não deu espaço pra ninguém e vence com categoria.

Foi a vigésima terceira da sua carreira, liderou 164 de 200 voltas e colocou a Penske no Victory Lane pela quinta vez no campeonato.

A Monster Energy Nascar Cup Series agora dá uma pausa de duas semanas e volta no dia 23/06 para a etapa no circuito misto de Sonoma. E o Planeta Velocidade estará acompanhando para trazer as melhores informações.

Até lá!!

Fotos Nascar.com

One Response

  1. Excelente matéria! E, o campeonato, cada vez melhor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *