Nas- Últimas Notícias

NASCAR Monster Cup – Michigan é palco da segunda vitória de Kevin Harvick na temporada!

  •  
  •  

A 23ª etapa da fase regular do campeonato da Monster Energy NASCAR Cup Series aconteceu no último domingo, dia 11/08, no oval de 2 milhas em formato de “D” de Michigan, no estado norte americano que lhe é homônimo

Todas as equipes e pilotos já sabiam que os playoffs se aproximavam e que, sendo assim, aqueles que ainda não tinham obtido vitórias na temporada precisavam a todo custo de bons resultados para entrar em uma zona de conforto.

A prova tinha um gosto especial para o campeão do ano de 2017, Martin Truex Jr. (19), que realizaria em grande estilo a sua corrida de número 500 na NASCAR.

Martin Truex Jr.
Fonte: Divulgação/Internet

Brad Keselowski (2), já classificado e alheio a problemas de classificação saiu na frente e conquistou a posição de honra no grid de largada.

Brad Keselowski
Fonte: Divulgação/Internet

Com a bandeira verde finalmente agitada na pista, Keselowski manteve a liderança da prova.

Embora não tenha gerado bandeira amarela no circuito, o heptacampeão Jimmie Johnson (48) acerta a mureta de proteção da pista na volta 15, jogando por terra todas as suas chances de obtenção de bons resultados nesta etapa e se colocando em uma situação ainda mais complicada na classificação pelo campeonato desta temporada de 2019.

Jimmie Johnson
Fonte: Divulgação/Internet

Kevin Harvick (4) é obrigado a buscar mais cedo os boxes, por conta de um furo no pneu dianteiro direito de seu Ford Mustang.

Inicia-se então uma alternância pela liderança, quando Denny Hamlin (11) ultrapassa Keselowski na volta 20 e, pouco depois é ultrapassado por Martin Truex Jr. (19), que havia largado apenas da 29ª colocação.

Ao fim, o segmento número um desta etapa restou vencido por Truex, que segurou firme a pressão de seu companheiro de equipe Gibbs.

Keselowski relarga na frente, mas é ultrapassado por Truex na volta nº 91.

Um furo no pneu traseiro direito de seu Mustang nº 2 faz com que Brad Keselowski rode na pista, gerando a primeira bandeira amarela.

Brad Keselowski
Fonte: Divulgação/Internet

A relargada é dada para apenas 1 volta e Kyle Busch (18) assume a liderança para vencer o segundo estágio da competição.

Enquanto a bandeira verde e branca era agitada, um acidente acontece no pelotão intermediário, envolvendo os carros de Austin Dillon (3), Ryan Preece (8) e Aric Almirola (10).

Ryan Preece (8) e Aric Almirola (10).
Fonte: Divulgação/Internet

Kurt Busch (1), relarga na primeira colocação, mas logo é ultrapassado por Joey Logano (22).

Daí por diante, várias bandeiras amarelas ocorrem em sequência, sendo a primeira com Spencer Boyd (53), a segunda com Clint Bowyer (14) e a terceira com Rick Stenhouse Jr. (17)

Clint Bowyer (14)
Fonte: Divulgação/Internet

Com isso, a maioria dos pilotos buscam os boxes para reabastecimento e troca de pneus.

Ryan Blaney (12) relarga na primeira colocação, mas é ultrapassado por Joey logano, em uma briga interna da equipe Penske, que também envolveu Keselowski e Paul Menard, onde existe a parceria da mesma com a Woody Brothers.

Diante do grande número de voltas restantes até o final, o drama da prova passou a ser a economia de combustível

Harvick poupa combustível e equipamento e, após receber informação positiva de sua equipe, acelera adquire posições e, a apenas 17 voltas do fim, ultrapassa Logano e assume a liderança.

E, como havia avisado a equipe Stewart-Haas Racing, o combustível não acabou e Kevin Harvick, firme na liderança, recebe na frente a bandeira quadriculada preta e branca e vence a etapa de Michigan, conquistando a segunda vitória no campeonato.

Kevin Harvick
Fonte: Divulgação/Internet

Na segunda colocação concluiu a prova Denny Hamlin (11) e, em terceiro, completando o top 2, cruzou a meta o piloto do Chevrolet Camaro nº 42 da equipe de Chip Ganassi, Kyle Larson.

Kevin Harvick Fonte: Divulgação/Internet

OPINIÃO

Não é a toa que Kevin Harvick é também conhecido pelo apelido de “the closer” (o finalizador), pois foi exatamente assim que o piloto do Ford Mustang nº 4 da equipe Stewart-Haas Racing conquistou a sua segunda vitória nesta temporada nesta etapa de Michigan, a 23ª da fase regular da categoria, reforçando ainda mais a sua classificação para os playoffs, em busca do bicampeonato e deixando cada vez mais problemáticas as tentativas de classificação de muitos outros que, ainda sem vitórias neste ano, dependem exclusivamente de seus próprios pontos conquistados e, ainda, de resultados negativos de outros competidores.

Embora tenham aparecido de forma ativa durante toda a corrida, Kurt Busch, Brad Keselowski, Kyle Busch, Martin Truex Jr e Joey Logano não contavam com a estratégia e a finalização de prova por parte de Harvick.

Embora saibamos que Harvick nem de longe possuía o melhor carro da prova, vimos que esta foi uma merecida vitória de estratégia de cérebro combinadas entre piloto e membros da equipe, mostrando a todos o motivo pelos quais os mesmos já conquistaram o campeonato desta categoria principal no ano de 2014.

Com isso, Harvick se firma em situação ainda melhor para a disputa dos playoffs e é válido mencionar que sempre representará um risco aos demais, ante a vasta experiencia que possui, tornando-se sério candidato ao título.

Como de costume no avançar dos campeonatos, uma notícia que corre no paddock das provas e que, ao menos por ora, não possuem qualquer compromisso com a verdade é a da possível saída das pistas por parte do heptacampeão Jimmie Johnson, após o final da temporada de 2020, deixando vago o cockpit de seu chevrolet Camaro da equipe Hendrick.

Um dos nomes ventilados nestas notícias informais para a assumir o carro é o de Kyle Larson, que deixaria a equipe de Chip Ganassi para dar lugar a uma possível vinda de Ross Chastain a partir do ano de 2021.

Mas esta ida de Larson para a Hendrick ainda dependeria do tetracampeão Jeff Gordon, que é o real dono do carro nº 48.

Reitero aqui, mais uma vez, que estas notícias, embora circulem na categoria, ainda não estão confirmadas e, sendo assim, podem representar apenas boatos ou jogadas de marketing.

Quanto ao campeonato, restando apenas 3 provas para o final da fase regular desta temporada, a hora da verdade finalmente chegou e quem ainda pretende se manter vivo para disputar os playoffs deve procurar obter resultados positivos nestas etapas.

Eis abaixo a situação atualizada do campeonato:

Classificação Geral
Fonte: Divulgação/Internet

A próxima etapa da Monster Energy NASCAR Cup Series ocorrerá no próximo sábado, dia 17/08, no pequeno coliseu de apenas ½ milha de Bristol, no Tennessee.

Até lá!

Alex Leonello Teixeira

Twitter: @alexleonello

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *