Nas- Últimas Notícias

NASCAR – Oval do Kansas é palco da primeira vitória de Ross Chastain pela Truck Series.

  •  
  •  

Na última sexta-feira (10/05), a Gander Outdoors Truck Series, terceira principal categoria da NASCAR, desembarcou seus carros no circuito oval de 1,5 milhas do Kansas, no estado norte-americano que lhe emprestou o nome, a fim de que fosse disputada a sua sétima etapa desta temporada, em 167 voltas.

Mais uma vez neste ano, a prova contou com a presença de várias mulheres no grid, quais sejam, Natalie Decker (54), Angela Ruch (44) e Jennifer Jo Cobb (10).

No entanto, a pole position para esta etapa ficou por conta do veterano e bicampeão, Matt Crafton, piloto da Ford F-150 nº 88.

Com a bandeira verde acionada, viu-se um início de prova bastante intenso e com várias ultrapassagens, inclusive a de Stewart Friesen (52) sobre o líder Matt Crafton, na volta 10.

Pouco depois, o vencedor da última etapa, em Dover, Johnny Sauter (13), abandona a prova após um problema de transmissão em sua picape.

Mas a primeira bandeira amarela veio mesmo após a rodada de Brandon Jones (51).

Em que pese a disputa direta com Brett Moffit (24), Friesen consegue se manter na liderança e vencer com segurança o primeiro estágio da prova.

Sheldon Creed (2), após trocar apenas 2 pneus sai dos pits na frente e assume a liderança da prova.

Na volta 52, Natalie Decker (54) escapa na pista, e atinge violentamente o gramado da área de escape existe te em frente aos pits, dando adeus a prova.

Grant Enfinger (98) assume a liderança após a relargada, mas logo é ultrapassado por Friesen, que acaba por vencer também o segundo estágio da competição.

Na rodada de Pit stops em bandeira verde, Stewart Friesen, depois de um erro de comunicação com a equipe, troca apenas 2 painéis e volta a comandar o pelotão.

Em uma disputa entre Enfinger e Moffitt pela segunda posição, a 29 voltas do final, um leve toque acontece, levando ambos a perder o controle das picapes e rodarem na pista, arruinando a prova dos dois.

Josh Reume (33) tem problemas, para na pista e causa nova amarela, a apenas 20 voltas do fim.

Com mais esta relargada, uma grande e intensa batalha pela primeira posição aconteceu nas voltas finais, até que, a apenas 3 voltas do fim, Friesen fica pelo caminho por conta de uma pane seca, deixando a liderança da prova nas mãos de Ross Chastain, que o seguia de perto.

Mantendo-se firme neste pequeno trecho final de prova, Ross Chastain cruza na frente a linha de chegada e vence a etapa do Kansas.

Na segunda colocação, completou a prova Bem Rhodes (99) e, em terceiro lugar, atingiu a meta Todd Gilliland (4).

Esta foi a segunda vitória de Ross Chastain na NASCAR e a primeira dele na Truck Series, visto que a anterior aconteceu no ano passado pela Xfinity Series como, naquela época, restou narrado em detalhes pelo PLANETA VELOCIDADE, na matéria XFINITY SERIES – ROSS CHASTAIN CONQUISTA SUA PRIMEIRA VITÓRIA NA NASCAR NO OVAL DE LAS VEGAS.

OPINIÃO

Como sempre costumo repetir por aqui, não há como não amar as provas da Gander Outdoors Truck Series, ante suas muitas emoções, disputas, ultrapassagens e trocas de liderança.

Esta etapa, assim como a grande maioria das demais, não foi diferente desta regra que insisto sempre em mencionar, uma vez que trouxe para os fãs todas as emoções acima pontadas, em que pese a realidade dos inúmeros abandonos.

Como se não bastasse os momentos proporcionados durante toda a prova, as voltas finais foram de tirar o fôlego com a forte pressão que Chastain fazia sobre Friesen, até que aquele ponteiro morresse na praia por falta de combustível, mesmo após ter vencido ambos os primeiros segmentos.

Apesar da liderança herdada, a vitória de Chastain foi mais do que merecida, uma vez que, sempre muito guerreiro e perseverante, o mesmo participa de provas nas 3 principais categorias da NASCAR, na maioria das vezes guiando carros de pouquíssima competitividade.

Lembro que, até o início deste ano, Chastain tinha conquistado uma vaga na Xfinity Series (na qual está efetivamente inscrito e participa do campeonato) pela equipe de Chip Ganassi, contudo, embora a oportunidade fosse excelente, um problema de seu patrocinador com a justiça dos Estados Unidos fez com que a equipe deixasse aquela categoria, obrigando-o a guiar novamente por times de menor expressão, muitas vezes sem qualquer patrocínio.

Entendo que já passou da hora de Chastain ter em suas mãos um carro efetivamente competitivo na Xfinity Series, pois já mostrou potencial não só para competir e vencer pela mesma, como também para conquistar um título e finalmente subir de forma definitiva para a categoria principal, a Monster Energy Cup Series.

Ross Chastain foi, definitivamente, o piloto de maior destaque nessa prova.

Das plantações de melancia do estado da Flórida, que muito lhe apoiam até hoje em sua carreira como piloto, para as pistas da NASCAR, temos que torcer para que mais histórias e corridas sensacionais como esta aconteçam com frequencia.

A próxima etapa da Truck Series acontecerá no dia 18/05, no oval de 1,5 milhas de Charlotte, no estado norte americano da Carolina do Norte.

Até lá!

Alex Leonello Teixeira

Twitter: @alexleonello

Fonte: Divulgação/Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *