Nas- Últimas Notícias

NASCAR Xfinity Series – Christopher Bell dá show em Phoenix e está na final.

  •  
  •  

Neste final de semana, a segunda principal categoria da NASCAR, a Xfinity Series, realizou sua penúltima etapa no circuito oval de 1 milha de Phoenix, no Arizona, sem direito a miragens, mas muita disputa direta entre os pilotos, a fim de que ficassem definidos os nomes dos 4 finalistas para a disputa do título desta temporada, em Homeatead – Miami.

No calor do deserto, o clima também seria certo que o clima esquenta rua na pista, com as fortes disputas entre os pilotos.

A grande reforma pela qual passou o autódromo trouxe a novidade da figura de um cacto com luzes que se modificam de acordo com as cores das bandeiras da prova.

A prova prometia muita disputa, afinal, o único piloto com vaga garantida para a final em Homeatead era Cole Custer (00) que, inclusive venceu aquela etapa no ano de 2017.

A posição de honra no grid de largada foi do piloto John Hunter Nemecheck, no cockpit do carro 42 da equipe de Chopp Ganassi que, no próximo ano estará nas mãos de Ross Chastain, como já restou noticiado aqui no PLANETA VELOCIDADE.

Pano verde estendido e a bandeira amarela não demorou a aparecer, após o piloto japonês Akinori Ogata (66) perder o controle do carro.

Justin Allgaier (7) aproveita o tráfego de retardatários e ultrapassa Nemecheck, assumindo a liderança da prova.

Ao fim, Allgaier cruza na frente a linha de chegada e vence o primeiro segmento, com Austin Cindric (22) na segunda colocação.

Cindric relargada na primeira posição, mas logo é ultrapassado por Allgaier.

Christopher Bell (20), que havia partido do 38º posto, veio recuperando bem as posições e passou a disputar com os ponteiros.

Justin Allgaier (7), dominante, vence também o segundo estágio da competição, com John Hunter Nemecheck (42) recebendo a quadriculada verde e branca na segunda colocação.

Nemecheck relargada na primeira colocação, mas é ultrapassado por Christopher Bell (20) na volta 108.

Tyler Hill (13) roda da pista na frente dos líderes e fica atravessado na pista, causando uma nova bandeira amarela, na volta 137.

Na volta 145 o caos se formou.

Shane Lee (3) tocou em Ty Majeski 60) que roda na pista e, ao mesmo tempo, Justin Allgaier (7l e John Hunter Nemecheck (42) se tocam em outro ponto do circuito, causando nova amarela.

O motor do carro nº 8 de Tommy Joe Martins explode e mais uma amarela foi acionada, fazendo valer o velho ditado de que amarela chama amarela.

O carro de Allgaier, que já estava avariado por conta do toque com Nemecheck, passa a apresentar fogo na roda dianteira direita, mas o piloto continua na pista.

Ao fim, partindo do final do pelotão e conseguindo se salvar da desclassificação, Christopher Bell (20) vence pela oitava vez nesta temporada e continua na briga pelo título.

Em segundo lugar chegou o piloto Daniel Hemric (21) e, em terceiro, cruzou a linha de chegada o piloto Matt Tiffit (2).

Com este resultado, foram eliminados dos playoffs os pilotos Elliot Sadler (1), Justin Allgaier (7), Austin Cindric (22) e Matt Tiffit (2).

Os finalistas, organizados por ordem alfabética são:

Christopher Bell (20) – 4.000 pontos;
Cole Custer (00) – 4.000 pontos;
Daniel Hemric (21) – 4.000 pontos; e
Tyler Redick (9) – 4.000 pontos.

Dos quatro finalistas acima apontados, o que chegar na frente no próximo final de semana, em Miami, no circuito oval de 1,5 milhas de Homestead será o grande campeão da temporada.

Até lá!

Alex Leonello Teixeira
Twitter: @alexleonello
Fonte: Divulgação/Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *