Nas- Últimas Notícias

NASCAR Xfinity Series – E o sino tocou no coliseu de Bristol!

  •  
  •  

Os carros da Xfinity Series, segunda principal categoria da NASCAR, voltaram para a pista no sábado do último final de semana (06/04), no pequeno oval de apenas 0,5 milha de Bristol, localizado do estado norte americano do Tennessee.

Conhecido carinhosamente pelo público como o último grande coliseu, representa, em verdade, a meia milha mais rápida do mundo, onde os espectadores possuem total visão da pista, seja qual for o setor onde estiver posicionado.

Como narra o próprio retrospecto das provas anteriores realizadas neste circuito, fica claro que uma etapa no oval de Bristol é sinal de emoção garantida e jamais decepciona os fãs.

E dessa vez não foi diferente!

A posição de honra no grid de largada ficou por conta do piloto Cole Custer (00).

Pano verde estendido e a primeira bandeira amarela da prova veio ainda no início da corrida, depois de um toque entre os pilotos Jeff Green (38) e Ross Chastain (4)

Firme na liderança, Justin Allgaier (7) recebe na frente a bandeira quadriculada verde e branca, vencendo o primeiro segmento da prova.

Jeremy Clements (51) roda na pista e quase toda no carro 20 de Christopher Bell, causando mais uma bandeira amarela na pista.

Assim, com um grande domínio aparente, o veterano Justin Allgaier (7) conquista também o estágio número 2 da competição.

Depois de uma disputa intensa por posições com Cole Custer (00), Allgaier tem um pneu furado e, furioso é obrigado a entrar nos pits e recolher-se a garagem.

Com isso, aproveitando-se da oportunidade, Christopher Bell (20) o ultrapassa e assume a liderança da prova, seguido de Tyler Reddick (2)

Ao fim, com garra e muito talento Christopher Bell (20), cruza na frente a linha de chegada e conquista a vitória no grande coliseu de Bristol.

Em segundo lugar completou a prova o atual campeão Tyler Reddick (2) e, em terceiro, atingiu a meta Cole Custer (00).

Como se já não fosse bom, Bell ainda recebeu um cheque de U$ 100.000 por ter vencido a primeira corrida do dash for cash, que premia determinados pilotos previamente eleitos em algumas provas da temporada.

Esta foi a segunda vitória de Christopher Bell e seu Toyota Supra na temporada de 2019 e o jovem piloto da equipe de Joe Gibbs, indicado e acompanhado de perto pelos olhos de Kyle Busch já tem demonstrado há tempos que possui talento e preparação suficientes para assumir definitivamente o cockpit de um dos carros da categoria principal, a Monster Energy NASCAR Cup Series, seja pela própria Gibbs ou por alguma equipe satélite da mesma.

Bell, cujo sobrenome sempre nos faz referência a sua tradução de “sino” aguarda um grande futuro pela frente e, se não for aproveitado pela equipe que o criou, certamente o será por outra, em breve, assim como foi com William Byron, hoje guiando o Chevrolet Camaro nº 24 da equipe Hendrick.

Aguardemos.

A próxima etapa da Xfinity Series acontecerá no dia 12/04, no circuito oval de ¾ milha de Richmond, localizado do estado da Virgínia.

Até lá!

Alex Leonello Teixeira

Twitter: @alexleonello

Fotos Divulgação/Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *