Rally

Varela e Gugelmin terminam no top 3 dos UTVs no sexto dia do Rally Dakar 2020

Liderança da categoria segue com a Can-Am, mas volta para os chilenos Francisco “Chaleco” Lopes e Juan Pablo Vinagre

Depois de cinco dias bem difíceis, os brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin finalizaram no top 3 dos UTVs (SxS) a sexta etapa do Dakar 2020, com o veículo Can-Am Maverick X3. Nesta sexta-feira (10/1), a competição partiu de Ha’il com destino a Riyadh, capital da Arábia Saudita, em um percurso de 830 quilômetros, sendo 477 cronometrados. Com o resultado, a dupla da Monster Energy/Can-Am/South Racing subiu três posições na classificação geral e ocupa agora o 13º lugar.

A vitória do dia ficou com os companheiros de equipe da dupla do Brasil, os espanhois Gerard Farres Guell e Armand Monleon. Porém, a liderança voltou para as mãos dos chilenos Francisco “Chaleco” Lopes e Juan Pablo Vinagre, que abriram uma vantagem de 9min48s para os segundos colocados, os norte-americanos Casey Currie e Sean Berriman, também da Monster Energy/Can-Am/South Racing. 

Com um percurso 100% na areia, o desempenho do Can-Am Maverick X3 foi fundamental no resultado do dia. “A gente conseguiu andar limpo, sem problemas e, principalmente, sem furar o pneu, tudo muito tranquilo. Mantivemos um ritmo bom e o veículo esteve excelente o tempo todo durante a nossa performance, que nos deu o terceiro lugar. Sabemos que estamos muito atrás dos líderes, mas ainda tem muito Dakar pela frente e cada dia é uma surpresa”, ressalta Gugelmin, que ao lado de Varela é atual campeão mundial de Rally Cross Country da classe T3 e do Dakar em 2018 nos UTVs.

As baixas temperaturas também apimentaram o dia. “Largamos com o termômetro marcando três graus e fazia muito frio. Tomamos bastante cuidado ao longo do trajeto, que era cheio de dunas e nada de pedras. Fizemos muitas ultrapassagens e foi nosso primeiro dia sem ter que descer do veículo”, lembra Varela.

Após seis intensos dias, o Dakar 2020 faz uma pausa. Neste sábado (11/1), os competidores descansam em Riyadh, capital da Arábia Saudita. Além de recarregar as energias, o momento será para revisão geral nos veículos. “Esse dia de descanso será muito importante. Vamos aproveitar para lavar as roupas e fazer um ajuste bem completo no UTV Can-Am Maverick X3. Acredito que para a segunda parte terá bastante mudança no terreno”, diz Gugelmin.
 
O Dakar 2020 vai até o dia 17 de janeiro, em Qiddiya, na Arábia Saudita. A 42ª edição do principal rali do planeta tem a Can-Am com o maior número de UTVs inscritos na competição. Dos 46 veículos que começaram a prova, 33 são da marca canadense. O trajeto total tem cerca de 7800 quilômetros (pouco mais de 5000 km de especiais no total). A disputa conta também com motos, quadriciclos, carros e caminhões. 

Rally Dakar 2020 – Categoria UTVs (SxS)

Acumulado (extraoficiais) – Dez primeiros
1 – #400 – Francisco “Chaleco” Lopez / Juan Pablo Vinagre (CHI) – 28:52:26 – Can-Am Maverick X3
2 – #405 – Casey Currie / Sean Berriman (EUA) – 29:02:14 – Can-Am Maverick X3
3 – #411 – Sergei Kariakin / Anton Vlasiuk (RUS) – 29:22:50 – Can-Am Maverick X3 
4 – #410 – Jose Antonio Lopez / Diego Gil (ESP) – 29:28:57 – Can-Am Maverick X3

5 – #412 – Mitchell Guthrie (EUA) / Ola Floene (NOR) – 29:40:15
6 – #404 – Conrad Rautenbach (ZWE) / Pedro Bianchi Prata (POR) – 29:52:40
7 – #427 – Austin Jones / Kellon Walch (EUA) – 30:22:41 – Can-Am Maverick X3
8 – #417 – Axel Alletru (FRA) / Francois Begun (BEL) – 30:45:41 – Can-Am Maverick X3
9 – #420 – Jesus Puras / Xavier Blanco (ESP) – 31:05:29 – Can-Am Maverick X3
10 – #433 – Santiago Navarro / Marc Sola Terradellas (ESP) – 32:14:10 – Can-Am Maverick X3  
13 – #402 – Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin (BRA) – 33:03:46 – Can-Am Maverick X3

Resultados da 6ª etapa (extraoficiais) – Dez primeiros
1 – #401 – Gerard Farres Guell / Armand Monleon (ESP) – 5:27:25 – Can-Am Maverick X3
2 – #400 – Francisco “Chaleco” Lopez / Juan Pablo Vinagre (CHI) – 5:28:47 – Can-Am Maverick X3
3 – #402 – Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin (BRA) – 5:32:24 – Can-Am Maverick X3

4 – #403 – Cyril Despres (FRA) / Michael Horn (SUI) – 5:35:36
5 – #404 – Conrad Rautenbach (ZWE) / Pedro Bianchi Prata (POR) – 5:37:49
6 – #412 – Mitchell Guthrie (EUA) / Ola Floene (NOR) – 5:39:00
7 – #405 – Casey Currie / Sean Berriman (EUA) – 5:39:12 – Can-Am Maverick X3
8 – #410 – Jose Antonio Lopez / Diego Gil (ESP) – 5:47:41 – Can-Am Maverick X3
9 – #442 – Saleh Alsaif (SAU) / Moad Alarja (JOR) – 5:48:00 – Can-Am Maverick X3

10 – #409  – Blade Hildebrand (EUA) / Francois Cazalet (FRA) – 5:48:00

Roteiro* Rally Dakar 2020 / Categoria para UTVs

11/1 
Dia de descanso – Riyadh

12/1 
Etapa 7 – Riyadh / Wadi Al Dawasir
Deslocamento – 195 km 
Especial – 546 km
Total do dia – 741 km

13/1 
Etapa 8 – Wadi Al Dawasir / Wadi Al Dawasir
Deslocamento – 239 km 
Especial – 474 km
Total do dia – 713 km

14/1 
Etapa 9 – Wadi Al Dawasir / Haradh
Deslocamento – 476 km 
Especial – 415 km
Total do dia – 891 km

15/1 
Etapa 10 – Haradh / Shubaytah – Etapa maratona
Deslocamento – 74 km 
Especial – 534 km
Total do dia – 608 km

16/1 
Etapa 11 – Shubaytah / Haradh – Etapa maratona
Deslocamento – 365 km 
Especial – 379 km
Total do dia – 744 km

17/1 
Etapa 12 – Haradh / Qiddiya
Deslocamento – 73 km 
Especial – 374 km
Total do dia – 447 km

TOTAL DO PERCURSO – 7855 km
TOTAL ESPECIAIS – 5096 km

  
* As informações são fornecidas pela organização do evento e estão sujeitas e alterações. 

Sobre a BRP – A BRP é líder global no segmento de veículos motorizados esportivos, sistemas de propulsão e embarcações construídos em mais de 75 anos de capacidade inventiva e foco intensivo no consumidor. O portfólio do grupo canadense é formado por produtos e marcas líderes de mercado, o que inclui as motos de neve Ski-Doo e Lynx, as embarcações Sea-Doo, os veículos on-road e off-road da Can-Am, os barcos Alumacraft e Manitou e os sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotax, bem como os motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP apresenta como apoio a sua linha de produtos o suporte completo em peças, acessórios e vestuário, para aprimorar ainda mais a experiência do consumidor. Com vendas anuais de US$ 4,5 bilhões em mais de 100 países, o grupo conta com força de trabalho global composta por cerca de 10.350 pessoas motivadas e engenhosas.

www.brp.com
@BRPNews

Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo, Evinrude, Rotax, Can-Am, Alumacraft, Manitou, Maverick X3 e o logotipo da BRP são marcas registradas da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas registradas são de propriedade de seus respectivos proprietários.

Foto destaque MCH Photography

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *